Marcílio Dias

Cleiton: goleiro do Atlético-MG, titular contra a Chape, é cria do Marcílio Dias

Neste domingo, o Atlético-MG enfrentou a equipe da Chapecoense na Arena Condá, em partida válida pelo Brasileirão Série A. Com jogo da Copa do Brasil no meio de semana, Roger Machado escalou o time reserva do Galo para jogar contra a equipe catarinense. No aquecimento antes do jogo, o goleiro Giovanni sentiu uma lesão e Cleiton foi chamado para entrar em campo. Esta foi a estreia como profissional do goleiro que começou sua carreira no Marcílio Dias, em 2013.

622_539c8e50-33a2-331d-9a67-db134a7f55bb (1)

Nascido em Descanso, mas criado em Belmonte, dois municípios no interior de Santa Catarina, Cleiton começou a jogar em jogos escolares e na escolinha de Belmonte. Aos 15 anos, no dia 24 de fevereiro de 2013, veio para Itajaí para passar por uma semana de testes no Marcílio Dias. Foi aprovado, e o sonho de se tornar jogador profissional ficou mais próximo.

Passou a morar em Itajaí para treinar e morar no clube, onde foi selecionado para a categoria de base. Sempre presente no grupo sub-17, na maioria das vezes no banco, não teve oportunidades no time profissional, até pela baixa idade e experiência que possuía. Em outubro de 2013, foi chamado para passar por uma semana de avaliação no Altético-MG. Novamente, foi aprovado, e deu adeus ao Marinheiro.

Com a camisa do Galo, conquistou títulos importantes na base. Em 2014, Cleiton foi titular na campanha que levou o Atlético-MG ao título da Copa do Brasil Sub-17. Após o destaque, começou a acumular algumas convocações para as categorias de base da Seleção Brasileira. Mas só neste ano participou de sua primeira competição oficial com a camisa amarelinha: o Sul-Americano Sub-20.

0605_14720618_1092921964159395_2013499885722263818_n

De volta ao Atlético-MG após o período com a Seleção Brasileira, esteve presente no grupo que conquistou o Campeonato Mineiro, porém sem atuar nenhuma vez. Cleiton atuava apenas em partidas da equipe sub-20, e foi aí que conseguiu ainda mais destaque. Na Copa do Brasil Sub-20, o Galo chegou até a final, onde enfrentou a equipe do Flamengo. Em confronto na Ilha do Urubu, Atlético-MG e Flamengo empataram no tempo regulamentar e a partida foi para os pênaltis. Cleiton defendeu 3 penalidades e garantiu o título inédito para a base do time mineiro.

5944540c140b2

Aos 19 anos, Cleiton fez sua estreia como profissional neste Domingo, contra a Chapecoense. Após lesão do goleiro Giovanni, o arqueiro defendeu a meta do Atlético-MG e saiu de campo sem sofrer gols. Fez belas defesas e ajudou seu time a sair vitorioso pelo placar de 1 a 0. Outro jogador da base do Marcílio Dias que atuou nesta partida pelo Galo foi o lateral-esquerdo Leonan, este com mais experiência no time profissional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s